4 sinais que sua empresa precisa reestruturar o setor de TI



Depois do ano de 2020 ter entrado para a História, se torna evidente a profunda dependência que os negócios têm de se tornarem cada vez mais digitalizáveis, se quiserem se tornar relevantes.

É através de tecnologias sólidas, atuais e dinâmicas que empresas conseguem encontrar frentes de atuação para atingir suas metas e objetivos. O setor de TI é fundamental para implementar, coordenar e desenvolver esses projetos. Os profissionais são os grandes atores por trás de uma complexa rede. Porém, para que se torne uma realidade e que de fato ajude a empresa a conquistar resultados, deve ser atualizado e revisto frequentemente. Assim, criamos esse guia com 4 sinais de que sua empresa precisa reestruturar o setor de TI.

Confira!

1. Os equipamentos são obsoletos

Em um mundo de mudança frenética, é natural que os equipamentos se tornem obsoletos com mais frequência. Apesar de serem feitos para durar, não devemos contar com as mesmas peças por toda a vida da empresa.

Mesmo estando bons e bem cuidados, por vezes deixam de ter suporte especializado, ou este se torna caro, uma vez que o número de usuários tende a cair com o tempo.

Além disso, computadores com longo período de uso podem ter seus componentes danificados pelo próprio tempo. Eles passam a ser mais lentos, reduzindo a produtividade, e até mesmo comprometendo a segurança e transparência dos processos.

2. O setor está ficando cada dia mais caro

Com o avanço tecnológico, é evidente que os preços tendem a crescer junto com a demanda. Porém, quando o custo descola da produtividade, há problemas.

Se o orçamento do negócio está cada dia mais comprometido com o setor de TI e o retorno do investimento parece nunca chegar, investigue mais a fundo. De nada adianta contar com uma carteira robusta para essa área, sem saber onde alocar de maneira mais assertiva.

3. Softwares estão desatualizados

Voltamos ao primeiro ponto da discussão. A falta de atualização periódica. Muitas vezes a produtividade cai, pois os softwares não atendem mais às necessidades do negócio.

Atualizações acontecem quando há melhorias a serem implementadas, e principalmente, erros a serem corrigidos. Se o seu software não está na versão mais recente, pode ter graves prejuízos, por exemplo, na segurança dos dados.

4. A equipe não conhece o mercado

Esse ponto é crucial para compreender o momento de reestruturar o setor de TI. Se a sua equipe não conhece o que há de mais atual em ferramentas de gestão, otimização e obtenção de resultados, é a hora.

Quem não busca de diversas fontes, empobrece a si próprio e há quem está em volta. Pode ser que o seu sistema atenda muito bem às necessidades atuais, mas quem sabe, com uma renovação, ele dê saltos que antes não seriam possíveis.

A atualização de equipamentos, sistemas e pessoas é essencial para qualquer empresa que busca crescer. A capacidade de mudar e se adaptar vêm antes do crescimento e dos resultados.

Monitore o seu setor de TI, e compreenda as necessidades. Assim, sua empresa já está mais perto da missão que se propõe.